chamada para publicação na Revista da Associação Brasileira de Pesquisadorxs Negrxs

http://www.abpn.org.br/revista-abpn

CHAMADA DE ARTIGOS

CADERNO TEMÁTICO: História e cultura africana e afro-brasileira

Lei 10.639/03 na escola

A Revista da ABPN convida pesquisadores a submeterem trabalhos ao CADERNO TEMÁTICO História e cultura africana e afro-brasileira – lei 10.639/03 na escola.

A produção dos Cadernos Temáticos objetiva a aproximação da ciência produzida na academia com as práticas referênciadas nas matrizes culturais africanas e afro-brasileiras, historicamente  invisibilizadas pela academia, ou seja estabelecer a efetiva relação entre ciência, tecnologia, sociedade e meio ambiente. O principal resultado deste lançamento será o estreitamento dos laços com os saberes que circulam nossa constituição como sujeitos sociais, dando voz a estes saberes e dando espaço a cosmogonia que professamos como povo negro.

Salientamos que, a proposição do Caderno Temático – História e cultura africana e afro-brasileira – lei 10.639/03 na escola materializa o plano de ação da Diretoria Dandaras que busca promover ações multidisciplinares e/ou interdisciplinares na formação de pesquisadores e na produção de conhecimento, assim como incentivar a colaboração entre pesquisadores de diferentes áreas com vistas a realização de trabalhos e formação que considere as pluriepistemias e incentive o diálogo com os saberes de matriz africana e afro-brasileira. 

Os trabalhos podem ser enviados até   30 de agosto de 2017.   

 http://www.abpn.org.br/revista-abpn

Línguas africanas ampliando espaços e referenciais no mercado editorial brasileiro

O MAFRO convida a todas e todos para o lançamento do livro: YOURÙBÁ – VOCABULÁRIO TEMÁTICO DO CANDOMBLÉ, escrito por Márcio de Jagun, que será realizado no dia 02/06, uma sexta-feira, às 16:30.

Esse evento é de grande importância para nós, também, por fazer parte do ciclo comemorativo dos 35 anos do museu.

A publicação é o primeiro escrito em português que registra expressões do linguajar popular e religioso de Candomblé de origem yorùbá. O livro tem 50 capítulos, com 10 mil verbetes em 1.500 páginas.

No dia 02/06 teremos o prazer de ouvir uma palestra do autor, seguida de uma sessão de autógrafos.

Aos que desejarem adquirir um exemplar, o pagamento poderá ser feito em espécie e/ou cartão de crédito.

===

PS: por gentileza confirmar presença através do email eventos.mafroufba@gmail.com 

Contamos com presença de todas e todos! 

CONTATOS

MAFRO/UFBA: (71) 3283-5540 / mafro@ufba.br 

Instituto Ori: (21) 2220-7034 / ori@ori.net.br

Seminários Interdisciplinares – LETA03: referências

CANDAU, Vera. Direitos humanos, educação e interculturalidade: as tensões entre igualdade e diferença. In: Revista Brasileira de Educação. v.13. n.37. Rio de Janeiro: ANPEd, jan./abr. 2008.

MUNANGA, Kabengele. Educação e diversidade cultural. In: Cadernos Penesb: discussões sobre o negro na contemporaneidade e suas demandas. n.10. Rio de Janeiro; Niterói: EdUFF, 2008/2010.

macamo yt

 

SAIBA MAIS sobre Elisio Macamo:

macamo fgv

Antirracismo & Descolonização na UFBA

Tradicionalmente, a universidade e a educação como um todo, tem se baseado em padrões brancos e europeus de estudo, pesquisa e reconhecimento, dificultando a descolonização do espaço de produção de conhecimento e de convivência em comunidade.

Pensando nisso, o Coletivo Luiza Bairros esta criando a Rede de Aquilombamento, com o objetivo de que nós, os novos sujeitos da Universidade, pretas, pretos e indígenas, possamos nos articular, fortalecer e intervir, mudando a lógica racista, machista e eurocêntrica instituída.

Cara gente preta, cara gente indígena, chega junto!

Vamos todxs!

#coletivoluizabairros Presente!

CONHEÇA, CURTA, PARTICIPE, : https://www.facebook.com/profile.php?id=100013696967857